Em coquetel fechado, fotógrafo Marcos Hermes lança o livro "Brasilerô"


No escritório da Shure, localizado em São Paulo, o fotógrafo Marcos Hermes mostrou para um público seleto a versão impressa 100% do seu livro Brasilerô, projeto feito com campanha coletiva via Kickante (que acreditou no projeto e não deu um tempo limite ao artista) e que também contou com o apoio a confiança de outros empresas, como a Shure e a Leograf Gráfica e Editora, que também patrocinaram e acreditaram nesse trabalho, dando sua força sem nem mesmo pedirem layout do livro e afins.

O livro, que começou a ter suas ideias criadas há aproximadamente 10 anos, teve seu "período de parto" (como ele mesmo disse, dia 23 de Abril (Dia Internacional do Livro) e após cerca de 30h, as primeiras cópias, exibidas na festa de lançamento, estavam prontas.

Leograf, Marcos Hermes e Shure (Link original da foto)
Trazendo artistas brasileiros que passam desde o Metal extremo até Bossa Nova, passando pelo Rock, instrumental, até mesmo artistas novos que quiseram ser fotografados pelo Marcos Hermes. Toda essa variedade é vista dentro de Brasilerô, que apresenta fotos de Dorival Caymmi, Gilberto Gil, Chico Buarque, Ney Matogrosso, Wando, Elza Soares, Sepultura, Caetano Veloso, passando também por artistas atuais como Ludmilla, Anitta e Pabblo Vittar.

Fotógrafo oficial das passagens de Paul McCartney pelo Brasil, Hermes também falou deu dicas aos fotógrafos que estão começando, falou sobre ser fundamental mostrar aos artistas o quão é necessário ter sua imagem divulgada de diversas formas, sendo fotos promocionais, de turnê e até mesmo indicando que, se a sua ideia for boa, o artista vai topar.

Todo esse cenário é visto em fotos particulares, que um fotógrafo comum não conseguiria fazer, mas Marcos Hermes faz, coisas como Frejat tocando guitarra num banheiro, de calça abaixada e sentado no vaso sanitário, ou a foto nua do grupo Telephatique, momentos de turnê de Ney Matogrosso em shows ou até mesmo em momentos particulares pré-show, passando até mesmo por uma foto de Chico Cesar na Baía de Guanabara (clicada entre o movimento das ondas, navios passando pelo mar, vento e outras dificuldades que trazem - mesmo que indiretamente - uma beleza maior na foto), registros marcantes - como a reunião da familia Caymmi - Acústico MTV Cassia Eller e diversos outros nomes de estilos como Bossa Nova, Rap, MPB, Rock, Death Metal, Heavy Metal, Samba, Pagode, Música Clássica, Hip-Hop e diversos outros estilos que exemplificam bem toda a diversidade musical brasileira, ao longo de 224 fotos escolhidas a dedo, para um projeto que é tratado como segundo filho de Marcos Hermes (e dedicada ao primeiro).

Além do lançamento do disco, Hermes mostrou para nós fotos do momento que os livros estavam sendo confeccionados e iremos deixar algumas delas, retiradas de seu facebook (assim como as outras da matéria), logo abaixo:




Quer ver mais alguns clicks do livro? Assista ao vídeo do Kickante:



Em breve, no merch de algum show brasileiro, internacional ou quem sabe de alguma livraria!!

Nenhum comentário