Beatles e a ligação com o futebol


Assim como nas letras, capas de discos e diversas outras coisas dos Beatles, o futebol também dá diversas interpretações e possibilidade sobre qual time cada um deles torciam ou torcem.

Liverpool



- O que se sabe comprovadamente é que entre as personalidades que fazem parte da capa do clássico “Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band”, aparece Albert Stubbins, meio-campo do Liverpool;
Na música Dig It, de 1970, Matt Busby, ex-jogador do Liverpool de 1936 a 41 e lendário técnico do Manchester United, é citado;
- Em cena do filme Help!, os quatro Beatles aparecem usando um enorme cachecol vermelho e branco;
- Paul ouviu a final da FA Cup de 1977, entre Liverpool e Manchester United, em seu iate;
- Há pouco tempo, Paul revelou, admitindo ir contra as “regras” das arquibancadas, que gostava tanto do Everton, por causa dos seus pais, quanto do Liverpool;
Ao fim da versão ao vivo de "Coming Up" gravada em Glasgow, na Escócia, em 1979, a multidão começa a gritar "Paul McCartney!" ao passo que Paul grita "Kenny Dalglish!", numa referência ao atacante escocês que é um dos maiores jogadores da história do Liverpool;
- Paul também esteve no estádio de Wembley na decisão da Copa da Inglaterra de 1986 entre Liverpool e Everton, quando os Reds foram campeões ao vencerem por 3 a 1;
- Após isso e ele conhecer Kenny, ele falou justamente sobre ter cidade pelos times da cidade, enfatizando que se tivesse um embate entre os dois, torceria pelo Everton, time que toda família torcia;
O maior gesto em relação ao Liverpool, de qualquer maneira, aconteceu dentro dos próprios estúdios. Em 1989, logo após o desastre de Hillsborough, que matou 96 torcedores dos Reds, o astro se solidarizou com as vítimas e seus familiares. Convidado por um produtor musical, participou de um single para arrecadar dinheiro aos afetados pela tragédia. Emprestou sua voz ao lado de outros artistas na regravação de ‘Ferry Cross the Mersey’, canção de 1964 ligada a Merseyside e que fala sobre superação. O hit atingiu o topo da parada britânica e permaneceu três semanas na primeira posição.
- Ringo Starr tem simpatia pelo Liverpool e seus filhos vão aos jogos do time
- Apesar do pai não ser tão ligado ao futebol, Dhani Harrison também torce pelo Liverpool
Everton

- Especula-se inclusive que exista uma gravação do Beatle cantando o hino do Everton;

- No Cavern Club há uma camisa do Everton com o nome McCartney nas costas, clube que Paul já declarou ser o de coração dos seus familiares;
- John Lennon e Paul assistiram em Wembley a final da FA Cup de 1966: Everton 3x2 Sheffield Wednesday, enquanto somente Paul foi dois anos depois ver West Brom 1x0 Everton.
- Há pouco tempo, Sir Paul revelou, admitindo ir contra as “regras” das arquibancadas, que gostava tanto do Everton, por causa dos seus pais, quanto do Liverpool.


Times como Arsenal e Newcastle também aparecem nessa lista, mas com uma única pista: Enquanto o Arsenal era o time do padrasto de Ringo, o Newcastle aparece somente uma vez na história Beatle, protagonizando a capa do Walls and Bridges (de 1974) que é um desenho feito quando John tinha 11 anos.
O tal jogador com a camisa alvinegra de número 9 – o número preferido de Lennon – é Jackie Milburn, autor de 177 gols pelo Newcastle. 

Além dessa ligação com os times, em 1966 os Beatles tentaram visitar Pelé na concentração da Seleção campeã da Copa na Inglaterra. O chefe da delegação brasileira teria dito que
“Isso aqui é futebol, não uma festa”, vetando os garotos de Liverpool. A história foi confirmada pelo próprio Pele e você pode ler aqui.
Os times com mais pistas sobre qual beatle torcem são os principais da cidade-natal da banda (Everton e Liverpool) e acho justamente é essa a ideia (apesar de John parecer realmente gostar mais de futebol do que temos na história). 

Creio que ,no final eles (em maioria), não se importam tanto com o time em si, mas sim com a cidade de Liverpool estar nos holofotes.
Parte do texto retirado da ESPN.

Nenhum comentário