Entrevista com Biquini Cavadão


Mais de 30 anos de palco, shows excepcionais, baita presença de palco, ótima relação com público... Tudo isso são algumas das coisas que podem resumir o Biquini Cavadão, que se apresenta hoje com Humberto Gessinger em Santo André. Dias antes do show, fizemos essa ENTREVISTA EXCLUSIVA com o Bruno Gouveia, líder da banda e vocês podem conferir a seguir.

Recentemente vocês lançaram o disco As Voltas Que O Mundo Dá.  Como foi o processo de composição e quais suas maiores influências para ele?

Cada um trouxe suas idéias, reunimos em torno de 30 composições. As mais votadas ganharam um passaporte para o estúdio ;-) Ao gravarmos com o lendário produtor Liminha, deixamos nos influenciar mais pelos sons dos anos 70.

Quais as principais diferenças da cena rock de hoje, para quando vocês e diversas outras bandas explodiram, nos anos 80? 

Acho que o principal era o fato de que o rock era a moda vigente, tal como hoje é o sertanejo. Isso fez com que muita gente ouvisse as bandas da década de 80.
Falando nas bandas novas, como que surgiu a parceria com Lucas Silveira (Fresno)? 
Em 2007 eu fui a um evento em Belo Horizonte e encontrei com ele. Conversamos muito e eu elogiei o trabalho que vinha fazendo com a Fresno. Em 2008 ele participou de um show nosso e também cantei com ele. Em seguida, Coelho resolveu gravar umas idéias com ele. Foi super proveitoso. 

Acompanhei um show de vocês no HSBC Brasil e vi um público dançante, mesmo em meio a mesas e cadeiras, a presença de palco, energia da banda são excepcionais e vi uma perfeita sintonia com o público. Quais frontman você pode dizer que ajudaram a ser o que você é hoje de cima do palco? 

Minhas inspirações foram Freddie Mercury, do Queen, Peter Gabriel, e David Byrne do Talking Heads. Dos nacionais, Renato Russo e e Herbert Vianna. 
E esse tratamento do público com a banda que dá forças para vocês permanecerem na ativa? Fale um pouco sobre seus fãs. 
Eles são a razão de tudo estar acontecendo até hoje. Temos orgulho do passado mas não somos saudosistas, Convidamos os fãs a conhecerem novidades e eles também nos acompanham nisso. É ótimo!



Qual a história por trás da música Zé Ninguém? 
Foi escrita durante o confisco da poupança feita pela equipe econômica do presidente Collor. Foi um choque. De repente, todos estavam com pouco ou quase nada de $ no bolso. Natural que os shows fossem a primeira coisa a ser cortada do orçamento. Decidimos desabafar um pouco ali a nossa condição. 
Sobre o disco novo, como foi trabalhar nele com o Liminha? 
Excelente. Além de produzir, tocou baixo, fazendo uma imersão conosco no nosso som. Adoramos e queremos fazer mais trabalhos com ele. 
Vocês lançaram via Streaming e CD. Planejam lançar ele no LP, que está voltando a fazer sucesso? 
Lançaremos em vinil até o fim do ano, mas é um fetiche. Mais da metade dos compradores de LP não tem vitrola em casa. Sério!
Deixe um recado para os leitores do site (fãs de Beatles, assim como você) e para seus fãs. 
Obrigado pelo carinho, with a little help from my friends, iremos ainda mais longe.



Ouça As Voltas Que O Mundo Dá:

Nenhum comentário