Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Guns N' Roses e The Who se apresentam na mesma noite do Rock in Rio 2017
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
O sonho vai virar realidade. Depois de 53 anos, a banda The Who vai tocar pela primeira vez no Brasil, no dia 23 de setembro, no Rock in...

O sonho vai virar realidade. Depois de 53 anos, a banda The Who vai tocar pela primeira vez no Brasil, no dia 23 de setembro, no Rock in Rio. Esta será a primeira apresentação da banda na América do Sul. E, para arrematar a noite, o Guns N’Roses também se apresenta para reunir fãs de diferentes gerações. Cada um a seu modo, Guns e The Who são formações capazes de levar multidões por onde passam e vão ficar na memória dos que estiverem no Rock in Rio neste dia histórico.

Os fãs da banda americana, liderada por Axl Rose, pediram muito a participação da atração nesta edição do evento. Roberto Medina, presidente do Rock in Rio, foi para as redes sociais pela primeira vez e fez um convite aberto para a banda vir ao festival mais uma vez. Após uma grande campanha e de muito empenho do próprio Medina, o sonho de revê-los no Palco Mundo está prestes a acontecer, já que o convite foi feito e aceito. O Guns N’Roses traz dois integrantes da sua formação clássica: o guitarrista Slash e o baixista Duff McKagan, que retornaram para apresentações especiais desde o início de 2016, e se juntam a Axl, Dizzy Reed, Richard Fortus, Frank Ferer e Melissa Reese.

A carreira de sucesso do grupo começou em 1985, com o primeiro álbum lançado dois anos depois. Appetite For Destruction caiu como uma bomba nas paradas de sucesso e catapultou a banda para o estrelato como a estreia mais vendida dos Estados Unidos e com 30 milhões de cópias vendidas em todo o mundo. Em 1991, os álbuns Use You Illusion I e Use Your Illusion II ganhou sete vezes o disco de platina e ocupou os dois primeiros lugares do Top 200 da Billboard. Foi neste mesmo ano que a banda se apresentou pela primeira vez no Rock in Rio, em um show histórico realizado no Maracanã. 

Na última década, o Guns N'Roses fez shows e festivais mundialmente famosos após o lançamento de Chinese Democracy, disco aclamado pela crítica em 2008. A banda é considerada uma das mais importantes e influentes na história da música.

Falando em mito, nada poderia ser tão importante quanto a estreia de um grupo que define, para muitos, o que é rock. The Who, a furiosa e lendária banda inglesa, precursora das sonoridades punks, defensora e integrante do ideário mod, entre tantas outras façanhas, finalmente virá ao Brasil e tocará ao vivo no palco do Rock in Rio.

Formada em 1964, a banda extrapolou o R&B convencional, desafiou os padrões da música e redefiniu o que era possível no palco, nos estúdios de gravação e no vinil. 'I Can not Explain' foi o primeiro single do The Who e rapidamente alcançou o Top 10 britânico. Em 1965, "My Generation", com seu refrão "I hope I die before I get old" tornou-se o grito de toda a geração.

Juntas, as quatro personalidades divergentes de The Who produziram um furacão. Cada um deles foi um pioneiro: o baterista Keith Moon e sua elegância caótica; o baixista John Entwistle com o virtuosismo melódico de um guitarrista solo; Pete Townshend pontuou a universalidade de suas canções em cordas de guitarra; e Roger Daltrey rugiu com uma arrogância viril.

Apesar da perda de Keith Moon, em 1978, e de John Entwistle, em 2002, o The Who continua sendo ativo no rock’n’roll e uma das mais importantes bandas do showbizz. O século 21 desencadeou um ressurgimento de criações entre Townshend e Daltrey: uma coletânea de sucessos em 2004, Then and Now, que apresentou duas novas músicas, 'Real Good Looking Boy' e 'Old Red Wine' e, em setembro de 2006, a banda lançou Endless Wire, seu primeiro álbum de estúdio desde 1982, It’s Hard, que precedeu uma turnê mundial de 100 shows e o lançamento do documentário Amazing Journey, indicado ao Grammy.

Em 2014, a banda comemorou seu 50º aniversário com The Who Hits 50!, álbum que virou uma grande turnê pelo Reino Unido, Europa e Estados Unidos, culminando em dois concertos no festival Desert Trip, no sul da Califórnia, ao lado de artistas como Rolling Stones, Bob Dylan, Paul McCartney, Neil Young e Roger Waters. 


As bandas são co-headliners do dia.

Postar um comentário

 
Top