Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: EXPERIMENTA: Codinome Winchester
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Alguém aí está cansado da monotonia musical das suas próprias playlists? Com dificuldade em achar boas recomendações de músicas? Bem, se de...
Alguém aí está cansado da monotonia musical das suas próprias playlists? Com dificuldade em achar boas recomendações de músicas? Bem, se depender de nós, Os Garotos de Liverpool, os seus problemas acabaram.
Nessa nova coluna, chamada Experimenta, vamos tentar trazer as melhores novidades da música nacional e internacional para você que anseia por degustar novidades musicais.

A de banda de hoje é Codinome Winchester

Texto por Guilherme Rodrigues
Uma banda de cinco rapazes, vocalista por vezes cabeludo desgrenhado, guitarras fortes e som distorcido psicodélico, onde nós podemos achar tamanho iguaria musical? Vila Madalena, Jardins, Paulista ou na Baixa Augusta? Nenhum desses lugares, esses rapazes são do Mato Grosso do Sul, mais especificamente da cidade de Campo Grande, eles são o Codinome Winchester.

Os meninos da banda, vindos de terras que pouco destacam grandes talentos do rock nacional conseguiram um lugar de destaque dentro dos nichos dos grandes centros do Brasil.
Junto a excentricidade no nome do estilo musical da banda, Psicodelia do Pantanal, eles também trazem debaixo dos braços letras extremamente profundas, com acompanhamentos de guitarra fortíssimos e impressões que deixam os músicos no mínimo, notados por quem os ouvir pela primeira vez, assim como foi meu caso.

A minha experiência de descoberta da banda, decorreu das famigeradas playlists do Spotify, onde em uma noite de vídeo jogatina, me vi cansado das minhas playlists habituais e como brasileiro de corpo e alma que sou, fui na playlist de Rock Brasileiro, ou algo do tipo, onde de primeira dei de cara com os meninos de Mato Grosso do Sul, a musica era ‘’A Busca’’ na versão acústica, onde não consegue parar de ouvir pelo menos 5 vezes seguidas a mesma musica, a qual me fiquei surpreso com as batidas fortes do violão junto a batidas rítmicas de um carrão e uma letra incrível, nada naquela noite harmonizou mais aos meus ouvidos do que essa banda.



Claro que a banda não se faz com uma musica somente, temos também a ‘’Mensagem de Outras Horas’’ que segue a mesma pegada de ‘’Busca’’ na harmonia dos instrumentos, com a voz e composição e muitas outras a quais eu recomendo de alma e coração que seja ouvida e re-ouvida em qualquer situação do seu dia, seja acordando, seja no trem ou seja indo dormir, cabe a qualquer situação.


Voltando a questão técnica e histórica da banda, o ano de 2016 foi um divisor de águas da banda, onde a mesma foi convidada para o projeto de homenagem aos 20 anos da morte de Renato Russo, onde a banda regravou a música ‘’Índios’’ clássico do Legião Urbana, nesse mesmo projeto gravando outras musica do Legião, tivemos muitas outras bandas de renome nacional, como Far From Alaska e Supercordas.

Agora em 2017 esperamos um reconhecimento maior desses meninos, que transbordam talento, alma, vontade e amor por fazer musica boa para quem ouve.

Integrantes:
Fellipe Saldanha: Vocal
Arthur Maximiliano: Guitarra e Teremim
Guilherme Napa: Bateria
Luciano Armstrong: Guitarra e Sintetizadores
Thiago Souto: Baixo



De Campo Grande para MUNDO.

Postar um comentário

 
Top