Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Polêmico, Dória transforma Virada Cultural em "Dóriapalooza"
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Imagens como essa não serão mais vistas na Virada Cultural Tirando parte principal da essência da Virada Cultural, que é ir para diver...
Imagens como essa não serão mais vistas na Virada Cultural

Tirando parte principal da essência da Virada Cultural, que é ir para diversos pontos turísticos da cidade, a pé, enquanto passa por eventos de música, cinema, teatro, arte e outros, conhecendo artistas que nunca vimos e também pessoas que passamos a fazer amizade, o prefeito de São Paulo, João Dória anunciou que a Virada Cultural 2017 não terá os principais shows no centro da cidade, sendo removidos para o autódromo de Interlagos, local de eventos de grande porte, como o Lollapalooza e o Maximus Festival.

Mantendo o formato de shows 24h, o prefeito disse que o autódromo terá 3 palcos, dois para shows maiores e 1 para shows pequenos, reduzindo drasticamente a quantidade de artistas e bandas que se apresentam normalmente num evento que acontece 24h por toda a cidade de São Paulo.

Em anúncio feito hoje, ele disse: "Vamos deslocar a Virada Cultural para um único local e não vai ser no Centro da cidade. Vamos fazer a Virada Cultural acontecer em Interlagos, 24 horas, com segurança, com transporte, com conforto e sem os transtornos que, infelizmente, pela dimensão que ela assumiu ela proporciona. 

Ela vai manter tudo de bom que ela sempre teve, sem os aspectos ruins em Interlagos. Não incomoda a população, não tem adensamento populacional em volta, tem os trens que vão funcionar 24 horas da CPTM, tem as linhas de ônibus que vão ser colocadas, exclusivamente, saindo do centro da cidade, Praça da Sé, Vale do Anhangabaú, Largo do Arouche, mais outros 2 pontos para permitir o acesso das pessoas à Virada Cultural."

Além desses shows, teremos eventos com 12h de programação, em bairros onde aconteciam eventos 24h. Com isso e com a (já) revolta do público pelo anúncio, feito criado o evento Virada Cultural Clandestina, em protesto às mudanças do programação oficial.

Mesmo com a privatização do autódromo, o evento continuará sendo gratuito.

Postar um comentário

 
Top