Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Bula e Camisa de Vênus se apresentaram no Kazebre
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Localizado na Zona Leste de São Paulo, o Kazebre reuniu duas bandas e público dos anos 80 com a Camisa de Vênus, 90 e 00 com a Bula, que c...

Localizado na Zona Leste de São Paulo, o Kazebre reuniu duas bandas e público dos anos 80 com a Camisa de Vênus, 90 e 00 com a Bula, que conta com muitos fãs de Charlie Brown Jr., já que a banda é formada por ex-membros da mesma, além d'A Banca.

Por volta das 23h, a banda formada por Marcão Britto, Pinguim, André Freitas (leia entrevista aqui) e Lena Papini fizeram um shot completamente feito de hits, ou deles, ou do Charlie Brown Jr. ou alguns covers.


Falando em Charlie Brown, o show começou com Ela Nasceu Pra Mim, single do disco de estreia da banda e uma das últimas composições de Chorão.

Com diversos singles tocados em rádios rock como a paulistana 89FM, O Sol Dela Brilhou, Doses Gigantes e Duas Caras também estão incluídas no repertório e é acompanhada em coro por todo o público, que já era fanático pelo Charlie Brown e acolheu a Bula, que retribui com um carinho é visto por poucas, raríssimas bandas de grande visão nacional.


Após alguns meses na estrada, Lollapalooza e diversos shows, a banda decidiu colocar Charlie Brown Jr. no repertório quando tocaram com Matanza no Aquarius (leia resenha aqui) e desde então não pararam mais. Além de Tudo Que Ela Gosta de Escutar, Papo Reto e Zóio de Lula, Tamo Aí Na Atividade foi tocada pela primeira vez em um show e Lena teve um espaço maior cantando Não É Sério, hit feito em parceria do Chorão com Negra Li.


No primeiro show do ano, que rolou lá em Santos, a banda acrescentou também covers de bandas internacionais e deu espaço para Pinguim e Lena comandarem o vocal da banda, em músicas como Give It Away e Highway to Hell, essa última cantada por Lena no Kazebre, junto com uma versão dos Mutantes e Pinguim cantando Chico Science.



O show teve participações mais que especiais, na faixa-título do álbum Douglas Venceslau, vencedor de um concurso que dá o direito de tocar uma música com a Bula no palco, foi um dos guitarristas de Não Estamos Sozinhos, numa interpretação tão digna da banda e justa para estar com o mito Marcão, que até se inspirou nele tocando parte do solo com os dentes, algo que é marca do eterno guitarrista do Charlie Brown. Amigo da banda, Egypcio subiu ao palco para participar de uma música escrita por ele, o sucesso Tropa de Elite, além de Mulher de Fases, a música "fofa" dos Raimundos e que Marcão estará participando do DVD da banda.

O setlist completo foi:


Leia entrevista com Marcão, Pinguim, André Freitas, Lena Papini e Egypcio.


Segunda banda da noite, mas que de acordo com o lineup original era a terceira, Camisa de Vênus subiu no palco por volta da 1h, já com aos menos dois hits, que para quem acompanhou o show anterior e não conhecia a atração principal poderia dar como finalizado o show com Bota Pra Foder e Hoje, essa presente no clássico acústico MTV do Charlie Brown Jr.

Com o disco Dançando na Lua sendo lançado em Julho, após 20 anos sem músicas inéditas, A Raça Mansa foi tocada duas vezes no show e já era acompanhada, principalmente o coro, por todo o público que lotou o Kazebre  na madruga do último fim de semana. Algo que aconteceu também com a "mais light" Manhã Manchada de Medo e a faixa-título.

Apesar do show ter sido mais curto que a primeira atração da noite, foi um prato cheio para os fãs da banda, que dançavam e curtiam o som de um show feito de hits como Bete Morreu, a clássica Gotham City, Simca Chambord, Muita Estrela (feita em parceria com Raul Seixas) e encerrou o show com Joana D'Arc.

O setlist completo foi:


Postar um comentário

 
Top