Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Mês de Dezembro completa 35 anos sem John Lennon e 50 anos do disco Rubber Soul
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
A primeira semana do mês de Dezembro é marcante para todos que amam música, principalmente os beatlemaníacos. No dia 8 de Dezembro de 19...

A primeira semana do mês de Dezembro é marcante para todos que amam música, principalmente os beatlemaníacos.
No dia 8 de Dezembro de 1980 o mundo ficava mais cinza, triste, em choque  e John Lennon era homenageado por seus fãs e lembrado por seu lado pacifista.

Há 35 anos, John Lennon havia voltado aos estúdios depois de 5 anos num período "paizão", onde cuidava do seu filho nascido no mesmo dia do pai e aproveitava ficar ao lado se sua mulher, Yoko Ono.
Após Coming Up (Paul McCartney) mostra que seu parceiro estava fazendo um bom trabalho, John Lennon usou ele como inspiração para voltar aos estúdios e lançar novos trabalhos.


Tratado como um recomeço, por aquele que disse uma vez que "a vida começava aos 40" , Double Fantasy foi o último disco de John Lennon lançado enquanto ele esta vivo e conta um sucessos como (Just Like) Starting Over, Woman (considerada por John Lennon, durante sua entrevista para Rolling Stone e lançada após sua morte) uma "versão amadurecida" de Girl, dos Beatles e Watching the Wheels (lançada como compacto, em 1981, com foto tirada por Paul Goresh, responsável pela foto de John Lennon autografando o Double Fantasy para seu assassino) .

Algumas horas depois de Mark Chapman conseguir o autógrafo tão sonhado por todos, quando John Lennon saía do Edifício Dakota, Mark permaneceu na frente do local onde John e Yoko moravam, e atirou em John Lennon com cinco disparos de uma pistola, infelizmente o resto da história todos nós sabemos.


Para o ano seguinte havia sido marcada uma grande turnê mundial dele e Yoko e seria iniciado de fato o recomeço, que infelizmente não aconteceu.

Com uma imagem dos óculos de Lennon (nos 35 anos de sua morte) ensanguentados, Yoko aderiu a uma campanha nas redes sociais que pede soluções para a violência no país e que ganhou força recentemente após o massacre na cidade californiana de San Bernardino. De acordo com ela, da morte de John Lennon até hoje, mais de 1,1 milhão de pessoas morreram nos Estados Unidos vítimas de armas de fogo.




Voltando mais 15 anos no tempo, em 3 de Dezembro de 1965 os Beatles deram adeus ao período do "yeah yeah yeah" e passaram a compor músicas mais trabalhadas e ecléticas, com mais um trabalho solo de Paul McCartney (Michelle), além de inclusão do uso da cítara num disco de rock e foi considerado o disco mais inovador do rock, até então.

Algumas versões tinham uma camada extra de reverb em todo o álbum. Este versão, rara nos dias de hoje, ficou conhecida como "Dexterized Version", em homenagem ao engenheiro de som da Capitol Records, Dave Dexter, que processou os tapes originais produzidos por George Martin.
A versão "Dexterized" não possui grande diferença, exceto a presença de uma camada de eco adicional (reveb), mais notável em músicas como Girl e Wait, bem como em outras, onde as vozes estão isoladas em um canal específico do âmbito estereofônico. As diferenças somente são perceptíveis com o uso de fones de ouvido, quando comparadas com a versão estéreo original inglesa.

Sobre as músicas



John escreveu "Nowergian Wood" embora tenha tido a colaboração de Paul em algumas partes. A letra era inspirada em uma relação extraconjugal de John, na época casado com Cynthia Lennon. George usou um instrumento indiano pela primeira vez em uma música, o cítara. George estava estudando música indiana na época, acabou comprando um cítara e a usou pela primeira vez em uma música de rock. Foi mais uma música de John composta com influência de Bob Dylan. "Nowhere Man" outra canção de John, tem uma letra mais filosófica.

Paul escreve sobre a crise em seu namoro com Jane Asher em "You Won't See Me". Jane na época não retornava suas ligações telefônicas, ignorando-o. Paul também escreve sobre ela em "I'm Looking Through You". Nesta música, como em "Drive My Car", Paul chegou a gravar guitarra, coisa que ele só passou a fazer com frequência nas músicas dos álbuns futuros."Michelle" é mais uma balada de Paul, com algumas frases em francês.

Após a separação dos Beatles, John disse que compôs praticamente sozinho com uma pequena contribuição de Paul a música "In My Life", Paul no entanto disse que ajudou na composição do começo ao fim. George Martin toca piano ao estilo barroco nessa faixa.
"Run For Your Life" é uma composição psicótica do disco, escrita por John e baseada em "Baby Let's Play House" de Elvis Presley.



Postar um comentário

 
Top