Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Vespas Mandarinas faz tremer Centro Cultural São Paulo e anuncia gravação de novo disco, saiba como foi
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Neste Sábado (10/10) a banda Vespas Mandarinas (leia entrevista) se apresentaram pela 3ª vez na história no Centro Cultural São Paulo, l...
Neste Sábado (10/10) a banda Vespas Mandarinas (leia entrevista) se apresentaram pela 3ª vez na história no Centro Cultural São Paulo, local onde lançaram o CD (2013) e o LP (2014) Animal Nacional.

Com ingressos esgotados, o show começou por volta das 19h30 com a música Neste Deserto (da banda Cabine C), seguindo com Daqui Pro Futuro (que deve estar presente no segundo disco de estúdio da banda).

Após duas músicas que não devem ser tão conhecidas por quem não acompanha a banda com muita frequência ou tem ido aos shows da nova formação, foi a vez de mandarem o primeiro hit da noite, com um dos últimos singles/clipes a serem lançados, a música A Prova (feita em parceria com Arnaldo Antunes, leia mais sobre ela aqui) foi a responsável por "ligar" o público, que fez começar a tremer a arena do CCSP, entoando toda a canção, num coro único e unido com a banda.

No mesmo embalo, podemos dizer que foram tocadas mais outras duas músicas, seguidas, sendo elas O Herói Devolvido (que é iniciada num tom/estilo diferente da versão de estúdio, desde a entrada de Nevilton na banda) e O Vício E O Verso (último clipe/single a ser lançado pelas Vespas Mandarinas).

Esperado por algumas fãs presentes do local, a próxima música foi Antes Que Você Conte Até Dez, que junto com Sasha Grey, foram as duas músicas que não são nem do disco de estreia, futuros lançamentos, ou covers.

Falando em covers, além de Neste Deserto, ainda foram tocadas músicas como Acrilic On Canvas (lado B do segundo disco da Legião Urbana), Panico e Solidão e um trecho de Sinfonia Paulista.

Depois do cover de Legião Urbana, foi a vez de ser tocada a música que talvez tenha tido o maior lançamento de todos, numa "coletiva para fãs" (leia mais aqui) e contando com as participações de Monica Mattos e Nicole Puzzi no clipe, a música é Santa Sampa.

Outras duas músicas que são singles/clipes da banda e foram tocadas no show são Cobra de Vidro, lançada ainda pelo Banzé (ex-banda do vocalista-baixista Thadeu) e Não Sei O Que Fazer Comigo (versão de um rock uruguaio e talvez a música que tenha permitido com que muitas pessoas, inclusive eu, tenha conhecido a banda), que foi tocada, até parte do coro, numa versão mais dançante que a original, e mesmo que diferente, ainda sim ficou muito boa.

Dois últimos possíveis lançamentos de um futuro disco (anunciado que começará a ser gravado daqui duas semanas, levando a histeria e aplausos dos fãs ansiosos para o primeiro disco de inéditas desde 2013), foi a vez das músicas Que Esse Dia Seja Meu (música cantada desde o primeiro show de 2014) e Estrada Escura, música lançada no EP O o v o e n j a u l a d o, e que conta com uma versão muito melhor, mais instrumental e mais psicodélica ao vivo, em comparação a versão do EP lançado em Maio.



Sendo tradicional nos shows das Vespas Mandarinas, as duas últimas músicas foram A Piedade/O Inimigo e Um Homem Sem Qualidades/Cagaço, que foi o momento mais louco do show, com os fãs fazendo uma espécie de mosh, em cima do palco, entre os integrantes, guitarra, baixo, bateria... Encerrando o show da melhor maneira possível.

Postar um comentário

  1. Aqui fala mais dessa Vespa Mandarina que de Beatles, pq não mudam o nome do blog?

    ResponderExcluir
  2. Aqui fala mais dessa Vespa Mandarina que de Beatles, pq não mudam o nome do blog?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1º. Compare a quantidade posts relacionados aos Beatles e as Vespas antes de falar besteira
      2.º Começou como um blog de Beatles em 2012, e todo mundo já conhece por esse nome
      3º. É meu e faço o que quiser

      Abs

      Excluir

 
Top