Ana B. Ana B. Author
Title: E quem é a Penny Lane? (Carta aberta de Apresentação)
Author: Ana B.
Rating 5 of 5 Des:
Acho que vocês notaram um novo espacinho que surgiu entre a cobertura e as discografias, a minha coluna "Penny Lane". E nada mais ...
Acho que vocês notaram um novo espacinho que surgiu entre a cobertura e as discografias, a minha coluna "Penny Lane". E nada mais justo que essa coluna receber o nome de uma música composta por Paul McCartney em fevereiro de 1967, lançada como single no lado A do álbum Strawberry Fields Foreverer, confira uma versão cartoon do clipe dessa música aqui.
Mas a inspiração para esse codinome que adotei não é apenas pela canção dos Beatles, mas também por ser o nome da minha personagem favorita, interpretada pela atriz Kate Hudson, no filme Almost Famous (Quase Famosos). Onde Penny Lane é uma das groupies que tem envolvimento com o guitarrista da banda StilwaterRussell Hammond, que faz parte de um triângulo amoroso completado pelo repórter musical Willian Miller, um pacato e inocente jovem e amante de música que descobre o Wild Side do Rock durante a cobertura de uma turnê da vida para revista Rolling Stones.




E eu sou uma mistura de Penny com Willian, posso me autodenominar uma groupieporter, onde minha paixão pela música vem desde os meus 8 anos de idade quando roubava CD's do Skid Row, Aerosmith, Mr.Big, Guns 'n Roses, etc, das minhas primas e ao mesmo tempo era influenciada pelo meu tio a ouvir Beatles e meu pai me fazia ouvir Sabbath.

A grande paixão que tenho pela música, a ausência de talentos musicais e os laços de amizade que tracei com bandas de som autoral e independente de São Paulo combinadas nessa tríplice fizeram com que eu viesse parar aqui, escrevendo para vocês.

Todos os meus textos são elaborados com muito amor e um bocado de amadorismo, afinal temos aqui uma estudante de Química e Uspiana escrevendo sobre música, quem diria não? Mas nos meus hobbies volto a me aproximar do meio musical e cultural, pois minha paixão é o pole dance, esporte que já pratico há um ano, que me permitiu finalmente me expressar artisticamente através da dança embalada pelas minhas músicas favoritas.

Entre minhas preferências musicais posso me descrever como uma grande farofeira, onde tive minha escola toda feita no Hard Rock, e como uma boa romântica minha banda favorita é Whitesnake. Mas David Coverdale me abriu novos horizontes para que eu pudesse conhecer bandas clássicas como Deep Purple, Led Zeppelin, U.F.O, Grateful Dead e várias outras bandas do progressivo. E com um pézinho no metal sou uma maidenmaníaca, fã da Donzela de Ferro, e também de outros grandes ícones como Ozzy, Judas Priest, Dio, etc.

Meu objetivo aqui é sempre ajudar a divulgar o som autoral do cenário independente de São Paulo através de parcerias com as bandas e festivais, fazendo minha parte para não deixar o Rock 'n Roll morrer. E vez ou outra trazer informações e cultura que merecem ser compartilhadas.
Beijos cerejosos a todos e muito obrigada pela calorosa recepção.

Ana Luiza Bean

Postar um comentário

 
Top