Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Primeiro show em estádio completa 50 anos
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
No dia 15 de Agosto de 1964, os Beatles fizeram aquele que provavelmente foi o maior e mais louco show da banda que excursionou até ...

No dia 15 de Agosto de 1964, os Beatles fizeram aquele que provavelmente foi o maior e mais louco show da banda que excursionou até em 1966.

O show no Shea Stadium foi um marco para toda uma história de shows que vieram a partir desse, que foi o primeiro show a ser feito num estádio (no caso, se Baseball) e passou a se tornar algo comum, entre shows de diversos estilos, espalhados por todo o mundo.


Abrindo a turnê americana de 1965, a casa do time New York Mets foi palco da primeira vez que um estádio foi usado para show. Com cerca de 55 mil fãs, os Beatles receberam o valor de US$ 304 mil e bilheteria de US$ 160 mil.

Com a polícia temendo que os fãs fechassem túneis dentro e fora de Manhattan, o grupo foi escoltado até o East River Heliport, e de lá foram voando até Queens, e depois numa van blindada.


Indo até o estádio, a banda foi anunciada por aquele que anunciou diversos shows da primeira passagem da banda pelos EUA, Ed Sullivan disse: "Agora, Senhoras e Senhores, homenageados pelo seu país, condecorados pela rainha, amado aqui na América, aqui estão os Beatles" e neste exato momento a banda se dirigiu dos tuneis do estádio para o palco montado, onde aconteceria o show.

No momento que entraram no campo, diversos fãs tentavam passar pelas barreiras policiais e chegar mais perto dos Fab Four, algo que acontecia diversas vezes durante o show, que teve o tradicional setlist de 12 músicas.


Eles tocaram no show as músicas Twist and Shout, She's A Woman, I Feel Fine, Dizzy Miss Lizzy, Ticket To Ride, Everybody's Trying To Be My Baby, Can't Buy Me Love, Baby's in Black, Act Naturally, A Hard Day's Night, Help e I'm Down.

Para esse show, a Vox fez alguns amplificadores mais novos, ampliando a potência deles de 30W para 100W, o que ainda sim não suficiente para suportar toda a gritaria e histeria que ainda reinava da banda sobre América do Norte. fazendo com que diversos policiais e fãs passassem mal.


Foi nesse show que eles também perceberam que não deveriam fazer mais shows (algo ainda teve por cerca de 1 ano), Não conseguindo ouvir o que estavam tocando, tinha que olhar um para o outro, pra ver se ainda estavam sincronizados com o som, que com certeza nem os fãs ouviam, já que para eles bastava ver os quatro lá no palco.


Quando Paul começar a tocar I'm Down (última música do show) John decidiu reagir contra essa loucura toda, parando de tocar sério, levantando as mãos para o céu e tocando os teclados de forma louca e divertida, até com o cotovelo. Isso resultou no riso de George, que também se desconcentrou, no fim do show ninguém mais se importava com isso. Se no show não consegue ouvir o som, pelos vídeos que lançaram depois é possível ver que é com certeza uma das performances mais divertidas de assistir.




Postar um comentário

 
Top