Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Em São Paulo, Foo Fighters faz show fora de série
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Nesta sexta-feira (23/01) a banda Foo Fighters se apresentou pela primeira vez em São Paulo depois de quase 3 anos. Faltando as músicas...
Nesta sexta-feira (23/01) a banda Foo Fighters se apresentou pela primeira vez em São Paulo depois de quase 3 anos. Faltando as músicas como This Is A Call, In The Clear ou Hey Johnny Park (que teve na Argentina), Rope (que teve em Porto Alegre) e Big Me, o show teve quase 3 horas de duração, pedido de casamento e foi considerando por Dave Grohl um dos mais inesquecíveis da carreira da banda.

A série de shows deste dia começou a banda brasileira Raimundos, que ainda com o estádio um pouco vazio, considerando que grande parte chegaria na hora da atração principal, tocou por cerca de meia hora alguns de seus sucessos.

Instagram: @rod_pimentel

O show da banda nacional começou às 18h55, com a música Eu Quero Ver O Oco e o público presente indo ao delírio. O show seguiu com Esporrei na Manivela (música que contou com uma falha técnica que parou o som das caixas por uns minutos) e com Nega Jurema, presente no primeiro disco.

O setlist completo dos Raimundos foi:
  1. Eu Quero Ver O Oco
  2. Esporrei na Manivela
  3. Nega Jurema
  4. Mulher De Fases
  5. Gordelicia
  6. Palhas Do Coqueiro
  7. I Saw You Saying That You Say That You Saw
  8. Me Lambe
 Kaiser Chiefs vieram logo em seguida e fizeram um bom show, mas com grande parte do público não conhecendo o trabalho deles, que mantiveram a conexão com público em músicas como  Ruby e Coming Home.
Apesar do bom show, o desconhecimento público com as músicas de banda, juntando com a forte chuva que caía na hora do show, fez com que os fãs só desejassem que o show acabasse logo, para chegar o momento de assistir a atração principal.

O setlist completo do Kaiser Chiefs foi:

  1. Everyday I Love You Less and Less
  2. Everything Is Average Nowadays
  3. Ruffians on Parade
  4. Never Miss a Beat
  5. Coming Home
  6. The Angry Mob
  7. Cannons
  8. Ruby
  9. I Predict a Riot
  10. Misery Company
  11. Oh My God
Por volta de 21h20, banda liderada por Dave Grohl começou o show no estádio do Morumbi, com a música Something From Nothing, do disco que dá nome da turnê Sonic Highways. Na metade da música, Dave escorregou no chão molhado e bateu de bunda no chão, mas levantou a tempo de não ser notado por todo público.

Antes de seguir com The Pretender, o público arremessou para o alto papéis vermelhos, dando um lindo efeito visual para a banda, e para o telão, que exibiu essa parte. Após ela, seguiram com Learn To Fly e Breakout, faixas do disco "There's Nothing Left to Lose".

Quando parou um pouco, perguntou para o público se esse era o primeiro show que estavam vendo da banda, após alguns responderem "Sim" ele prometeu que esse seria o melhor show que iriam ver. E de fato foi isso que aconteceu, quem escreveu este texto já viu muitos shows de um Sir. que é idolatrado por Dave Grohl, o Paul McCartney, e pelos efeitos visuais dos telões e todos elementos surpresa, arrisco dizer que Dave tomou o posto de melhor show que vi na minha vida, que até então era do baixista dos Beatles.

Voltando ao show, Dave Grohl disse "Relaxaem, vai ser um noite longa", talvez por conta das músicas ao vivo ser bem maiores que as versões de estúdio, contando com solos de guitarra, coros junto com o público e outras coisas que se não tivessem talvez o show não alcançaria as 2h de duração.

Apesar dos 20 anos de estrada, a banda não canta apenas músicas suas e também gasta tempo entretendo a si próprio, com cada integrante fazendo o solo que desejasse enquanto Dave Grohl apresentava eles e dizia "Quando fazemos um show, a gente gosta de se divertir, então hoje faremos aqui o que quisermos". E foi isso mesmo que fizeram, tocando trecho de Tom Sawyer (Rush) e War Pigs (Black Sabbath) antes de voltarem aos seus sucessos, com Monkey Wrench.

Foto: Crys Gonçalves
Indo para a plataforma que ia até depois da grade da pista comum, veio uma sequência acústica: Skin and Bones, Wheels (que teve um pedido de casamento, entre fãs que subiram na plataforma onde Dave estava tocando, algo que ocorreu durante um show da banda pela primeira vez. Após o pedido, Dave disse: "Agora saiam da porra do meu palco", claro que em tom de brincadeira) e Times Like These.

A banda no palco surpresa, no meio da pista Premium
No momento que todas as atenções estavam para para o Dave, um segundo palco surgiu do chão, com toda a banda tocando uma série de 4 covers, entre eles um que Dave  na bateria, e o palco formado no meio da pista Premium. Com certeza esse elemento surpresa deixou todos (inclusive eu) boquiaberto e fez com esse fosse o melhor já assistido pelo público presente no estádio.

Foto: Crys Gonçalves
Encaminhando para o fim do show, a banda emplacou uma sequência de sucessos e música nova, com All My Life, These Days, Outside (do disco novo), Best Of You e Everlong. Antes dela, ele lembrou do tombo no começo no show, do pedido de casamento, e do povo cantava Best Of You, mesmo após ela terminar (assista vídeo).

"This Song is Over Motherfuckers" Foto: Ana Karoline
Em Best Of You o público entoou um coro "Ooo" e fez Dave dizer "Pare, esta música acabou", lembrando que viria a última música, com outra guitarra e finalizando quase 3 horas de show, com Everlong.

Foto: Crys Gonçalves
O setlist completo do show em São Paulo foi:
  1. Something From Nothing
  2. The Pretender
  3. Learn to Fly
  4. Breakout
  5. Arlandria
  6. My Hero
  7. Congregation
  8. Walk
  9. Cold Day in the Sun
  10. I'll Stick Around
  11. Tow Sawyer/War Pigs/Monkey Wrench
  12. Skin and Bones
  13. Wheels
  14. Times Like These
  15. Detroit Rock City (KISS cover)
  16. Stay With Me (The Faces cover)
  17. Tie Your Mother Down (Queen cover)
  18. Under Pressure (Queen & David Bowie cover)
  19. All My Life
  20. These Days
  21. Outside
  22. Best of You
  23. Everlong
Confira fotos oficiais AQUI e AQUI!

Postar um comentário

 
Top