Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Paul McCartney fala sobre a morte de John Lennon, que completa 34 anos
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Às vésperas do dia em que o assassinato de John Lennon completa 34 anos (no dia 8 de dezembro), o ex-Beatle Paul McCartney foi incisivo...

Às vésperas do dia em que o assassinato de John Lennon completa 34 anos (no dia 8 de dezembro), o ex-Beatle Paul McCartney foi incisivo ao falar sobre Mark Champman, o homem que matou o ex-companheiro de banda: “É o idiota de todos os idiotas”, disse, em entrevista ao canal de televisão britânico ITV, no programa “The Jonathan Ross Show”.
Paul, que neste ano esteve no Brasil, ainda lembrou como reagiu ao receber a notícia sobre a tragédia. “Quando ele foi assassinado, nós éramos muito amigos. Costumávamos nos ligar para trocar receitas de pão. Recebi uma ligação, e foi horrível. Não conseguia aceitar que ele tinha partido. Estava muito triste de não poder vê-lo. O homem que fez aquilo tudo é o idiota de todos os idiotas”, sentenciou, emocionado.
Sobre os desentendimentos entre alguns integrantes da banda — inclusive entre ele mesmo e John —, Paul assegurou que tudo era questão de “negócios”. “Chegamos a um ponto em que fazíamos tudo pelos negócios”, revelou. Para o cantor, por “sorte” os problemas de relacionamento entre os dois já estavam resolvidos antes da morte do músico: “Nós éramos bons amigos”.
Após a morte de John, Paul McCartney escreveu a música “Here today”, lançada no disco “Tug of war” (de 1982), primeira grande manifestação do músico sobre a tragédia.



Fonte: Extra/Globo

Postar um comentário

 
Top