Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Paul McCartney volta a América do Sul, mas se esquiva de Brasil e Argentina
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Paul McCartney já fechou uma turnê que acontecerá na segunda quinzena de abril pelo continente, mas, em princípio,se esquiva de Argentina ...

Paul McCartney já fechou uma turnê que acontecerá na segunda quinzena de abril pelo continente, mas, em princípio,se esquiva de Argentina e Brasil.


A turnê começou a se preparar no último trimestre do ano passado a partir do empreendimento de um grupo de produtores regionais que negociaram um tour focado na área do Pacífico, basicamente, Chile, Equador e Peru , com exceção do Uruguai. Na verdade , o gerente de Inglês, Barrie Marshall, chegou nesta semana em Montevideo, com a intenção de se reunir com os promotores e fechar os detalhes dos shows, de acordo com La Tercera , do Chile.

Embora ainda não fechada, a primeira data sul-americana seria 18 de abril , em Montevidéu, no estádio Centenário, onde podem ir fãs argentinos, porque é o mais acessível e disponível com várias alternativas de preço e lugar de viagem, tanto pela terra, tal como a água e o ar.

Em Santiago, as datas reservadas variando de 20 a 23 de Abril e que a intenção é fazer duas apresentações no Movistar Aren , totalizando mais de 20 mil pessoas desde a sua última passagem pela capital chilena apenas três anos quando reuniu 53 mil no Estádio Nacional, e o plano está agora voltando-se para um formato mais íntimo.


Enquanto em Lima, Peru, o show já está confirmado e McCartney será apresentado 25 de abril no Estádio Nacional ( capacidade de cerca de 35.000 pessoas) e os bilhetes serão colocados à venda em uma semana.
A última vez que a lenda da música veio para a Argentina foi em 2010, quando fez apresentações inesquecíveis no estádio do River Plate, completamente cheios em meados de novembro.
  


Comentário:  Enquanto evento como a Copa dificultou a volta dele, que gosta de fazer shows em estádios para concentrar maior número de público, e a burocracia para as datas disponíveis de estádios e condição dos gramados para a Copa atrapalhou o Brasil, além do fato de 2013 ele ter vindo só aqui na Am. do Sul, pela mesma tour. Na Argentina  está rolando uma taxação de shows, e isso diminui o lucro das produtos, inviabilizando os shows. Não é algo só com o Paul McCartney.

Fonte: Cronista

Postar um comentário

 
Top