Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Vans lançará tênis inspirados no mundo de Yellow Submarine
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Um mês depois de ser anunciado que os Beatles receberiam o prêmio de "conjunto da obra" da Academia de Gravação, que entrega o...

Um mês depois de ser anunciado que os Beatles receberiam o prêmio de "conjunto da obra" da Academia de Gravação, que entrega o Grammy, homenageando toda a carreira da banda, outra instituição está homenageando os Fab Four: a Vans vai lançar a primeira colaboração com o quarteto de Liverpool. A coleção, que contém quatro peças, é customizada com a arte do álbum e filme Yellow Submarine e os custam entre US$ 65 e US$ 75.


O mais caro deles, a reedição Sk8-Hi, conta com retratos estilizados, que vão até o calcanhar, dos quatro Beatles na animação. Os outros calçados mostram imagens psicodélicas do filme. Os clássicos Slip-Ons usam para as ilustrações o Sea of Monsters, mostrando a vida marítima nadando no oceano rosa. Os calçados The Era retratam os quatro integrantes, alguns usando calças de arco-íris, em um jardim amarelo. E o par final, um modelo chamado Authentic, é adornado por “allyouneedislove” escrito várias e várias vezes em roxo, amarelo e verde. Veja mais fotos na galeria acima.

Os Beatles e as famílias deles têm muito a celebrar neste ano, que marca o aniversário de 50 anos da chegada deles na América. Os membros vivos da banda anunciaram apresentações separadas no Grammy. Paul McCartney e Ringo Starr vão se apresentar na cerimônia neste domingo. Starr recentemente foi homenageado pela David Lynch Foundation com um show tributo de músicos como Joe Walsh, Ben Folds e Ben Harper, entre outros.

No dia 9 de fevereiro, os Beatles serão assunto de um especial de duas horas da CBS que irá comemorar a chegada deles nos Estados Unidos. Os integrantes da dupla pop Eurythmics vão se reunir para o programa, que também contará com duetos de Alicia Keys e John Legend, John Mayer e Keith Urban, além de uma apresentação do Maroon 5. Starr falou recentemente à Rolling Stone EUA sobre a experiência de tocar na América pela primeira vez no The Ed Sullivan Show. “Nós não sabíamos enquanto estávamos tocando que 70 milhões de pessoas estavam assistindo, mas estar na América era tão empolgante”, disse. “Toda música que amávamos estava na América; veio da América para a Inglaterra... Eu conseguia sentir a adrenalina, mesmo no avião, era tão empolgante."

Fonte: Rolling Stone

Postar um comentário

 
Top