Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Publicitário escreve livro provando que a história dos Beatles se relaciona a tudo
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Por mais que você nem desconfie, praticamente todos os temas que você puder imaginar se re...
Por mais que você nem desconfie, praticamente todos os temas que você puder imaginar se relacionam com uma certa banda de Liverpool, cujo reinado não caiu até hoje — e provavelmente nunca vai cair. “Há relações dos Beatles com arquitetura, física, psicologia, medicina e até esportes radicais e xadrez”, garante o publicitário João Resende, autor do livro ‘Beatles Em Tudo — Curiosidades Inéditas Sobre a Maior Banda da História’ (Editora Zás, 262 págs., R$ 35). 
Publicitário escreve livro provando que a história dos Beatles se relaciona a tudo
Foto:  Divulgação

Criador, com vários amigos que conheceu na internet, do blog Beatles College (beatlescollege.wordpress.com), ele foi reunindo durante seis anos várias informações, muitas delas raríssimas, sobre o grupo. O que era para ser apenas uma central de jovens beatlemaníacos (“a gente começou a se comunicar ainda na época do Orkut!”, recorda ele) acabou se transformando numa fonte de detalhes sobre a banda e sobre as carreiras solo dos ex-integrantes.
Um post em especial ajuda a garantir as duas mil visitas diárias que o blog tem. É a série ‘A História dos Beatles Contada pelo Jornal Meia Hora’, que usa a linguagem descontraída do tabloide publicado pelo grupo EJESA (responsável também pelo) para narrar a trajetória da banda.
“Até hoje, tem muitos acessos. Nesta semana mesmo, todo mundo começou a postar nas redes sociais”, relata João, que é fã do jornal. “Sempre me diverti muito com as capas e foi um exercício de história tentar contar ano a ano os fatos que envolviam o Beatles, usando esse formato. A última capa é que foge um pouco do aspecto factual, pois damos um resumão do que aconteceu com cada um dos quatro, incluindo o assassinato de John Lennon.”
João Resende é o responsável pelo livro ‘Beatles Em Tudo’
Foto:  Divulgação

Outras séries de sucesso do blog trazem conversas fictícias da banda pelo iPhone. E a discografia do grupo comentadíssima, com as histórias das músicas e das gravações. Boa parte das visitas ao site vem de jovens e adolescentes. “Eu mesmo conheci os Beatles na adolescência. Minha família não era tão fã e descobri o grupo com amigos, lá por 2001. Fiquei impressionado com o poder da música deles, porque um amigo nosso descobriu e foi contaminando todo mundo”, lembra João, que tem 27 anos.
Em ‘Beatles Em Tudo’, o leitor descobre que o clássico pacifista ‘Imagine’, de John Lennon, se relaciona com o universo do MMA. Antes de lutar no UFC 65 (e, por sinal, terminar derrotado), o americano Jeff Monson mandou tocá-lo como música de entrada. O primeiro filme de Renato Aragão e Dedé Santana tem os pés no quarteto de Liverpool — é ‘Na Onda do Iê-Iê-Iê’ (1965), que faz referência à estreia cinematográfica dos Beatles, ‘A Hard Days Night’ (de 1964, exibido no Brasil como de ‘Os Reis do Iê-Iê-Iê’).
A apolítica e utópica ‘Imagine’, quem diria, se tornaria também um dos hinos do líder venezuelano Hugo Chavez, traduzida para o espanhol com o nome de ‘Imagina Venezuela’. Apesar de hoje Paul adotar um estilo de vida mais saudável — ele é vegetariano militante —, os integrantes do grupo já foram fotografados diversas vezes bebendo Coca-Cola. A imagem dos Beatles já foi usada, sem autorização, num comercial do McDonald’s de Liverpool — pessoalmente ultrajado, o autor de ‘Band On The Run’ brigou na Justiça e embargou o anúncio.
João espanta-se com o fato de o grupo ter inspirado até a ciência. “Como eles renderam muito dinheiro para a gravadora EMI, ela começou a investir em outras áreas. Até mesmo o projeto que criou a tomografia computadorizada veio do montante de grana gerado pelos discos da banda!”, diz, rindo. “Alguns seres invertebrados também foram batizados com o nome ‘Beatles’. Está no nome científico deles”, garante ele.
O publicitário ainda tem muito material guardado que não foi aproveitado no livro. “Tive que organizar e cortar muita coisa. Quem sabe eu não faço o ‘Beatles Em Tudo E Mais Um Pouco’?”, diverte-se. Ele tem todos os álbuns do grupo e acompanha os shows de Paul McCartney e Ringo Starr no Brasil. “Vi o Ringo em São Paulo no ano passado e o acho um grande baterista. É o melhor baterista que os Beatles poderiam ter”, defende.
Já na apresentação de Paul no estádio do Morumbi (SP), em novembro de 2010, João fez questão de levar para casa um souvenir pouco usual. “Arranquei um pedaço do gramado, pus numa vasilha que tinha levado para lá, já pensando nisso, e trouxe comigo para casa. Está guardado comigo até hoje!”, revela.
Os Beatles na fase dos cabelões
Foto:  Reprodução Internet

Detalhes sórdidos e bizarrices da história do rock 
Em ‘Beatles Em Tudo’: Vera Fischer confessou desejos sexuais pela banda e um filme pornô já parodiou um disco do quarteto 
Além das relações do grupo com os mais variados temas, o livro ‘Beatles Em Tudo’ é repleto de curiosidades e histórias inusitadas relativas ao quarteto. Algumas delas envolvem pessoas famosas que são fãs ou se encontraram com integrantes do grupo:
OS BEATLES  inspiraram filmes como ‘Across The Universe’ (2007), de Julie Taymor, repleto de músicas do grupo na trilha. O mais pitoresco é o pornô ‘Sgt. Peckers’ Lonely Hearts Club Gang Bang’, evidentemente jogando mais pimenta que o usual no nome do disco ‘Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band’ (1967).
A ATRIZ Vera Fischer declarou certa vez ter sido expulsa de um colégio de freiras por escrever em uma redação que mantinha relações sexuais com os Beatles.
PAUL MCCARTNEY  assistiu a um show do ‘coisa nossa’ Ivan Lins, em Nova York, em 2001, e até posou para fotos com o cantor.
LIVERPOOL ama futebol e é dividida entre dois grandes times: Liverpool FC e Everton FC. Nenhum dos Beatles jamais declarou seu time (Paul McCartney, por exemplo, fica eternamente em cima do muro com relação ao assunto), mas há uma espécie de Zico do Liverpool na capa do ‘Sgt. Pepper’s’: o craque Albert Stubbins.
O PUGILISTA  Sonny Liston também figurou na capa de ‘Sgt Pepper’s’. Mas não gostava nem um pouco da banda: foi a um show dos Beatles e declarou que seu cachorro tocava bateria melhor que Ringo. Já Cassius Clay, futuro Muhammad Ali, encontrou-se com eles e até posou para fotos 
— numa delas, finge nocautear os quatro de uma vez.
OS BEATLES  já foram transformados em desenho animado. E a relação deles com o universo dos quadrinhos é duradoura. Mauricio de Sousa já os homenageou em histórias da turma do Penadinho e de Chico Bento, e tentou criar, sem sucesso, o projeto Beatles 4 Kids. A pequena Mafalda, criada pelo argentino Quino, é fã deles.

Fonte: O Dia

Postar um comentário

 
Top