Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Line up repleto de estrelas fazem tributo aos Beatles
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Existe uma maneira de deixar os maiores astros do pop com frio na barriga: Peça a eles para se apresentarem na frente dos Beatles. Muito...
Existe uma maneira de deixar os maiores astros do pop com frio na barriga: Peça a eles para se apresentarem na frente dos Beatles.

Muitos artistas atuais se reuniram na noite de ontem para honrar o legado dos Beatles, ao lado de Paul McCartney e Ringo Starr, e é claro, com George Harrison e John Lennon em memória, para gravar o especial intitulado "The Night That Changed America: A Grammy Salute to The Beatles."

Vocês podem conferir mais fotos e todas músicas que tocaram aqui.


John Legend e Alicia Keys cantaram "Let It Be." Katy Perry apresentou "Yesterday," enquanto seu namorado, John Mayer, tocou com Keith Urban "Don't Let Me Down." E Brad Paisley e Pharrell Williams ficaram com o desafio de tocar "Here Comes the Sun," uma música bem conhecida por milhões de fãs.
 

“Nós estamos homenageando a banda mais importante de todos os tempos, e tentando não estragar suas músicas enquanto dois deles sentam bem aqui em nossa frente,” Paisley disse em uma entrevista antes de sua performance. “Eu sei que quando entrarmos lá não cantaremos como eles, e tentaremos fazer nossas próprias versões das músicas. Mas... tem razões para as pessoas serem odiadas quando fazem covers dos Beatles em qualquer situação. Mas aqui estamos nós, acho que será um jogo justo neste sentido.”
 

E foi justo, até que Paul McCartney e Ringo Starr subiram ao palco, cantando hits como “Hey Jude”, ''Sgt. Pepper" e "Yellow Submarine", fazendo todas aquelas estrelas, ganhadoras de Grammy, soarem como crianças desafinadas.

O evento vai ao ar no dia 9 de fevereiro, 50 anos depois da primeira aparição dos fab Four na televisão americana, no “The Ed Sullivan Show”. Foi um momento histórico, com 73 milhões de americanos assistindo e mudando a cultura pop em diversas maneiras.

Ainda assim, McCartney disse que hesitou antes de concordar em comemorar a data.

“O que eu posso dizer sobre esta noite? É simplesmente maravilhoso,” ele disse. “No começo, quando fui chamado para fazer o show, fiquei me perguntando se era a coisa certa a se fazer. Mas eu vi alguns garotos americanos que me disseram, ‘você não tem ideia do impacto que esta apresentação teve na América’. Eu realmente não tinha ideia.”

Ken Elrich, produtor do Grammy, disse que o tributo estava sendo preparado há mais de uma década, com arquivos da época do Ed Sullivan e dos períodos psicodélicos e “hipsters”.
 

Maroon 5 abriu o show recriando a abertura da aparição de 9 de fevereiro de 1964, com "All My Loving," e "Ticket to Ride." Keys e Legend ficaram cara-a-cara quando se sentaram em grandes pianos pretos. Mayer e Urban trocaram linhas de guitarra, como fizeram Gary Clarke Jr. e Joe Walsh em "While My Guitar Gently Weeps." 


Annie Lennox e Dave Stewart do The Eurythmics se reuniram "The Fool on the Hill."
 

Dave Grohl e Jeff Lynne tocaram "Hey, Bulldog," e o filho de Harrison, Dhani, se juntou a Lynne e Joe Walsh no clássico "Something." Stevie Wonder tocou "We Can Work It Out" duas vezes, pedindo pra recomeçar quando percebeu que estava tocando devagar demais. “Me demitam, me processem!” disse brincando com a plateia.

Starr entrou no palco em seguida e elogiou a apresentação de de Wonder: “Vou dizer, é uma emoção acompanhar Stevie Wonder.”
 

O baterista tocou três músicas sozinho, incluindo “Yellow Submarine” sob pedido da filha mais nova de dave Grohl. Depois, McCartney tomou conta do palco e tocou cinco músicas sozinho, pouco antes de se reunir com Ringo para uma apresentação final. Foi a primeira vez que os dois tocaram juntos desde 2010

“Nós estávamos em uma banda. Se chamava The Beatles,” disse Starr perto do fim do show. “Se vamos tocar, John e George estarão sempre conosco. Será sempre John, Paul, George e Ringo.”














Fonte: Yahoo
Tradução: Daniel Generalli
( Paul Get Back To São Paulo)

Postar um comentário

 
Top