Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Paul McCartney diz que John Lennon temia não ser lembrado depois de morrer
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
O ex-Beatle diz que, tal como Lennon, também não tem noção daquilo que as outras pessoas pensam sobre ele. Paul McCartney falou sobre ...
O ex-Beatle diz que, tal como Lennon, também não tem noção daquilo que as outras pessoas pensam sobre ele.
Paul McCartney falou sobre John Lennon, seu colega nos Beatles falecido em 1980, e as suas inseguranças, numa entrevista à XFM. "Lembro-me de, há muitos anos, o John, o John Lennon, me dizer, do nada: 'como será que as pessoas se vão lembrar de mim quando morrer?'", recordou o músico britânico.
"Respondi-lhe: 'bom, você é louco. Primeira coisa, não te preocupe com isso porque vai estar morto. Segunda coisa, vão te adorar, olha só para tudo aquilo que já você fiz.Você é fantástico". McCartney diz ainda que depois ficou pensando "isto é patético. Por que razão há de John precisar que lhe digam isto depois de tudo o que fez com os Beatles?'. Mas temo que seja uma coisa humana".
O músico, que esta semana editou New , o seu novo álbum de originais, acrescentou ainda que também não faz ideia daquilo que as outras pessoas pensam sobre si: "não tenho grande noção da forma como as pessoas olham para mim porque só sei o que o meu círculo de amigos, e a minha família, pensam sobre mim. Não gostam nada de mim [risos]. Surpreendo-me constantemente. É fantástico".
McCartney confessa também que não lê as críticas que fazem ao seu trabalho: "Nunca deve fazer isso porque no dia seguinte vai ter de ir a algum lugar, fazer algo, tocar, e não vai parar de pensar no que não presta. É patético, mesmo. Conheço muitas pessoas que são famosas e fizeram imensas coisas fantásticas mas são assim". 
 
Fonte: XFM

Postar um comentário

 
Top