Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: "Fez o som dos Beatles ser o que era", diz Paul McCartney sobre Ringo
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Assim, grande parte da história moderna do Beatles gira em torno da dupla John Lennon e Paul McCartney, com George Harr...
Assim, grande parte da história moderna do Beatles gira em torno da dupla John Lennon e Paul McCartney, com George Harrison - e, particularmente, Ringo Starr - muitas vezes sendo totalmente ignorada. 
McCartney, que continuou trabalhando com Ringo Starr durante seus anos de carreira solo desde a separação dos Beatles em 1970, contesta a idéia de que o seu antigo colega de banda, fez uma menor contribuição. 
"Acho que Ringo ganhou essa reputação porque ele não era um dos compositores, e ele era apenas um cantor ocasional no grupo", disse Paul. "Era principalmente eu e John, e depois George. Ele tem um tipo de papel secundário. Mas eu digo às pessoas: 'Cada membro dos Beatles era tão importante quanto o outro. Eu comparo a quatro lados de um quadrado. Sem um deles, o quadrado se desfaz", afirmou o músico. 
Ringo Starr era um dos principais contribuintes para a música "Love Me Do",em uma torrente de criatividade que incluiu algumas dezenas de álbuns entre 1963-1970. Foi-lhe dada uma única vez vocal em todos os projetos dos Beatles, para A Hard Day's Night e Let It Be, mas escreveu apenas duas músicas para o grupo em 1968 de "Don’t Pass Me By" e em 1969 "Octopus's Garden ". 
Paul McCartney também comentou que Ringo dava opiniões. "Ele nos dizia o que queria e o que gostava. Sempre tivemos esta regra: se um de nós não gostasse de uma música, ela seria descartada. Então sempre tivemos uma votação igual. E todo o espírito de Ringo foi importante para os Beatles. E não vamos esquecer sua performance na bateria. Ele é um dos melhores bateristas do mundo. Seu estilo de bateria nos Beatles é muito original. Fez o som do grupo ser o que era".

Postar um comentário

 
Top