Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Psicólogo conta como trabalhou com John Lennon
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
O homem que fez John Lennon e Steve Jobs gritarem a plenos pulmões fala baixinho e devagar, com uma voz suave. Seu nome é Arthur Janov...


O homem que fez John Lennon e Steve Jobs gritarem a plenos pulmões fala baixinho e devagar, com uma voz suave. Seu nome é Arthur Janov, criador da terapia primal e autor do best-seller de 1970 "The Primal Scream" (lançado no Brasil como "O Grito Primal" e fora de catálogo), cujas influências reverberam mais na cultura pop do que na psicologia tradicional.
Aos 88 anos, Janov reclama de dor na garganta, mas diz que seu estado de saúde é ótimo graças à própria terapia, segundo a qual doenças e neuroses são resultados de dores reprimidas na infância e no parto. A solução, ele diz, é reviver a dor e abraçar a choradeira (e gritos, urros etc.).
"Toda a dor de não ter sido amado quando criança fica gravada no cérebro, nos músculos, nos ossos. Ela nunca vai embora", contou Janov para Serafina.
Com Ph.D em psicologia pela Universidade da Califórnia, Janov tem 11 livros publicados. O mais recente é de 2006 e se chama "Primal Healing" (cura primal).
Mas, se não fosse por ela, o mundo não teria visto um dos álbuns mais pessoais e intensos do rock, "John Lennon/Plastic Ono Band", a estreia solo do ex-Beatle, de 1970, escrito durante os cinco meses em que ele se tratou com o psicólogo californiano.

"Nunca vi tanta dor em toda minha vida", conta Janov sobre Lennon, abandonado pelos pais e criado por uma tia. "Ele me mandou o disco assim que ficou pronto e eu toquei para um grupo de pacientes. Todos foram à loucura, começaram a gritar, porque o álbum falou para suas almas. Foi incrível."
Lennon (1940-1980) e Yoko Ono, 79, receberam uma cópia do livro "O Grito Primal" por correio quando moravam em Londres e ficaram intrigados. Janov viajou para tratá-los e depois eles vieram para a clínica de Los Angeles.
"A partir das nossas discussões, ele escreveu o álbum. Uma vez, perguntou sobre religião e eu disse: 'Quanto mais dor você sente, mais precisa acreditar na religião. Virou a canção 'God''." 

O disco inteiro é feito de referências às teorias de Janov e de sentimentos doloridos descobertos em sessão, como nos gritos angustiantes da canção "Mother" ou nas letras "janovianas" de "Working Class Hero".
Lennon interrompeu o tratamento. Segundo Janov, o músico precisava sair dos EUA por causa do visto e queria que ele o acompanhasse ao México.
Segundo o livro "The Love You Make "" An Insider's Story of The Beatles", de 1983 (inédito no Brasil), de Peter Brown e Steven Gaines, Lennon se desiludiu com Janov quando ele tentou gravar em vídeo uma de suas sessões.
Ainda assim, Peter Brown (padrinho de casamento de John e Yoko) afirma que a terapia transformou o ex-Beatle num novo artista, colocando-o em contato real com seus medos e sentimentos.

Postar um comentário

 
Top