Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Slayer e Avenged Sevenfold confirmado no Rock in Rio 2013 no dia do Iron Maiden
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Os dias de metal da próxima edição brasileira do Rock in Rio ganharam reforços robustos nesta segunda-feira (17), quando foram anunciadas ou...
Os dias de metal da próxima edição brasileira do Rock in Rio ganharam reforços robustos nesta segunda-feira (17), quando foram anunciadas outras duas novas atrações, ambas para o Palco Mundo: o grupo sueco Ghost, que completa a escalação do dia 19 de setembro, ao lado do Metallica, Alice in Chains, Sepultura e Tambores du Bronx; e a banda norte-americana de thrash metal Slayer, que faz show em 22 de setembro, mesmo dia dos grupos Avenged Sevenfold e Iron Maiden.

"Os shows no Brasil são sempre muito loucos", diz ao G1, por telefone, o guitarrista do Slayer, Kerry King. "Multiplique isso pelo número de pessoas a mais que estarão nos assistindo em um festival como o Rock in Rio. Será uma gigantesca festa", destaca o músico, que se apresentou pela última vez com a banda no país em 2011, em Curitiba e São Paulo.


Com mais de três décadas de estrada e quase uma dúzia de álbuns na bagagem, o Slayer é uma das maiores referências mundiais do metal. Mas o tempo parece não surtir efeito em termos de disposição, como o próprio King comenta.

"Toda vez que penso que estamos na ativa por tanto tempo, percebo que ainda me sinto jovem. E não pretendemos parar. Vamos gravar um novo disco, já temos shows agendados para 2013... Mas acharia uma maluquice se alguém, aos meus 25 anos, me dissesse que o Slayer estaria pr aí até hoje", afirma o guitarrista, um quase cinquentão.


Após tocar no Brasil em 2008, 2010 e 2011, o Avenged Sevenfold confirmou seu próximo show por aqui. O grupo de hard rock americano foi anunciado como atração do Rock in Rio e vai tocar no "dia do metal", em 22 de setembro, com o Iron Maiden encabeçando a escalação.

Em entrevista ao G1, o vocalista do Avenged revela que até o festival já terão lançado mais um disco. Será o sexto da carreira, iniciada em 1999. Mas isso não vai mudar totalmente o repertório, já aprovado por brasileiros que se enfiaram em uma camisa preta e foram assistir ao quinteto em uma das turnês anteriores . "Vamos tocar o que o público quiser ouvir. Se o novo disco for do interesse deles, tocaremos... Se só quiserem ouvir coisa antiga, vamos só tocar coisa antiga", conta Matthew Sanders, mais conhecido pelo codinome M. Shadows.

Fonte: G1



Postar um comentário

 
Top