Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: A Casa branca de John Lennon
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
Essa não está em Washington, nem tampouco abriga o presidente dos Estados Unidos. Mas é uma casa branca, ou melhor, uma mansão branca ...


Essa não está em Washington, nem tampouco abriga o presidente dos Estados Unidos. Mas é uma casa branca, ou melhor, uma mansão branca de 26 cômodos que já foi habitada por dois grandes ícones da cultura mundial. Uma mansão que fica na Inglaterra, na cidade de Ascot, no distrito de Windsor e Maidenhead, condado de Berkshire. A região onde acontece, desde 1711, a mais tradicional e luxuosa corrida de cavalos da Europa, e que atrai espectadores pra lá de especiais como a família real britânica e grande parte da elite européia. Mas não estamos aqui para falar da realeza e seus cavalos velozes. Vamos falar sobre os mais importantes moradores dessa mansão desde a sua construção.

Primeiro entremos pela porta da frente e vamos bisbilhotar um pouco a intimidade do mais ilustre morador da residência denominada Tittenhurst Park, John Lennon.


A mansão foi comprada por Lennon e Yoko em maio de 1969 que mudaram para lá no mesmo ano e saíram em agosto de 1971, direto para Nova York. Foram apenas dois anos abrigando os Lennon. Mas, dois anos na vida de um Beatle são suficientes para perpetuar um acontecimento e Tittenhurst ficará eternamente lembrada na memória pop como o cenário da última sessão de fotos dos Beatles antes da separação definitiva da banda.


Logo que compraram a casa, Lennon e Yoko começaram a fazer diversas mudanças e reformas de acordo com suas vontades. Uma sala toda branca, do piso ao teto, incluindo um piano branco foi cenário do vídeo de Imagine. Ali também foi gravado o álbum homônimo lançado por Lennon em 1971. Até um lago artificial, para ser visto da janela do quarto, foi construído na propriedade. Sabe-se que eles gastaram em reformas e decoração quase duas vezes mais o valor da compra da mansão.



Apesar de todo investimento e dos bons momentos que Lennon e Yoko viveram em Tittenhurst nos dois anos que moraram lá, em 1973 a mansão foi vendida para outro ilustre comprador, o também ex-beatle Ringo Starr que morou com a família na mansão até 1988. Certamente muita coisa boa aconteceu pelos cômodos e jardins de Tittenhurst. Alguns encontros pra lá de musicais, algumas criações geniais e um sem fim de histórias que ficaram guardadas apenas entre aqueles que passaram pela verdadeira casa branca.



Em 1989, Ringo vendeu Tittenhust para o Sheik Zayed bin Sultan al-Nahyan, um dos poderosos milionários de Abu-Dhabi, capital dos Emirados Árabes. Desde então a casa branca de Lennon perdeu a cor. Todo e qualquer resquício deixado por Lennon e Ringo foram desfeitos e a mansão passou por uma reforma completa, incluindo a construção de um muro de três metros de altura ao redor da propriedade. Justo ali, onde um dia um pacifista ousou imaginar um mundo sem desigualdades e sem fronteiras.

fonte: O Baú do Edu

Postar um comentário

 
Top