Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: Para Paul McCartney, Yoko Ono não acabou com os Beatles
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
O lendário ex-beatle Paul McCartney concedeu uma longa entrevista ao apresentador norte-americano David Frost na última semana, na qual fez ...
O lendário ex-beatle Paul McCartney concedeu uma longa entrevista ao apresentador norte-americano David Frost na última semana, na qual fez revelações sobre sua carreira e vida pessoal. Em uma delas, Paul afirmou que Yoko Ono, artista e ex-mulher de John Lennon, não foi a responsável pelo fim dos Beatles. As informações são do site do jornal inglês The Guardian.

Conhecido por dar entrevistas breves, que raramente passam da marca de 15 minutos, McCartney conversou com Frost por uma hora, e falou de temas como seus três casamentos, sua família, a carreira solo e ao lado dos Beatles e os motivos que teriam levado ao fim da banda.

"Ela certamente não acabou com o grupo, nós já estávamos acabando", disse Paul sobre Yoko. Ele acrescentou que a artista foi responsável pelo amadurecimento de John e que, sem ela, canções como Imagine não teriam sido escritas. "Não acredito que ele teria conseguido sem Yoko, então acho que não podemos culpá-la por nada. Quando ela apareceu, parte de sua atração era seu lado vanguardista, sua visão de mundo, e ela mostrou a John outra maneira de ser muito atrativa para ele. Então era tempo de John sair. Ele definitivamente sairia, de uma maneira ou de outra", opinou Paul.

Apesar dessas declarações, o compositor de Yesterday, Hey Jude e Let it Be revelou também que era difícil conviver com Yoko durante as gravações dos Beatles, e que suas principais mágoas referentes a essa época estão guardadas para o falecido empresário Allen Klein - que tentou empresariar o grupo após a morte de Brian Epstein, manager original dos Beatles, em 1967. "Eu estava brigando com os três caras que eram meus amigos do coração, mas na verdade queria brigar com Klein".

A íntegra da entrevista de Paul McCartney a David Frost, com uma hora de duração, vai ao ar no mês de novembro pelo canal de TV Al Jazeera English.

Postar um comentário

 
Top