Elio Sant'Anna Elio Sant'Anna Author
Title: A história de "Mary Had a Little Hamb", um cover dos Wings
Author: Elio Sant'Anna
Rating 5 of 5 Des:
"Mary Had a Little Lamb" ("Maria tinha um carneirinho") é uma música americana para crianças do século XIX, cuja letr...

"Mary Had a Little Lamb" ("Maria tinha um carneirinho") é uma música americana para crianças do século XIX, cuja letra é atribuída a Sarah Josepha Hale. Thomas Edison recitou a primeira estrofe do poema para testar sua invenção, o fonógrafo, em 1877, transformando-a no primeiro registro de áudio a ser feito e reproduzido com sucesso. Em 1923, Henry Ford, amigo de Edison, transportou de Sterling, Massachusetts, para o terreno da Wayside Inn, uma construção que se supunha ser a escola originalmente citada no poema. Stevie Ray Vaughan tem um blues da música Mary Had a Little Lamb no seu álbum Texas Flood, "composta" por Buddy Guy.

Depois do fim dos Beatles, Paul McCartney fundou uma nova banda e enveredou por um caminho mais comercial, pop, eclético, e despretensioso.
Foi durante esse período "hippie", no começo dos anos 70" que surgiu o "cover" de "Mary Had a Little Lamb". A versão de Paul foi composta e adaptada em Campbeltowm, na Escócia e foi lançada como single em maio de 1972 no Reino Unido e nos EUA. O single anterior, a politizada "Give Ireland Back to the Irish" foi praticamente banida dos principais meios de comunicação e divulgação musical do Reino Unido no início do ano, incluindo a Radio BBC, McCartney então, resolveu contra-atacar apelando paro o deboche e para a ironia produzindo a versão inusitado.

Deixando de lado o pouco valor histórico da gravação, a versão mostra-se como um grande exemplo do excelente trabalho melódico, no melhor estilo das "Silly Love Songs Mccartianas", desenhando um daqueles refrões grudentos que ficam reverberando involuntariamente por um bom tempo na cabeça, marca registrada da carreira solo do ex-Beatle.

Postar um comentário

 
Top